NOTÍCIAS
 
09/04/2019
Como saber se o gato gordo está obeso ou apenas acima do peso?


Ter um pet acima do peso pode ser algo comum para certos tutores. O problema é quando o sobrepeso se torna obesidade, piorando a saúde do animal. Por mais que pareça ser "fofo", um gato gordo pode estar doente ou desenvolvendo doenças por estar muito acima do peso ideal.

 

Para diferenciar um gato gordo de um gato obeso é preciso avaliar alguns aspectos da rotina do animal, incluindo sua mobilidade, alimentação e claro, seu tamanho. O bichano está gordo se o excesso de gordura ultrapassar 10% de seu peso total. Ele estará obeso se esse número chegar ou ultrapassar 20%. Para ter certeza do diagnóstico, consulte o veterinário.

 

Sintomas da obesidade em gatos

• Não é possível identificar a cintura do animal quando ele está caminhando ou sentado;

• As costelas não são palpáveis por causa do excesso de gordura;

• Abdômen arredondado;

• Dificuldade de locomoção, principalmente saltar e subir em certos lugares.

 

Pode parecer que esses sintomas sejam iguais para um gato gordo, mas não são. Quando o felino está apenas com sobrepeso, ainda é possível sentir suas costelas, e ele ainda tem certa agilidade para se movimentar.

 

Muitas pessoas também confundem o excesso de pele na área da barriga do bichano com gordura, o que é errado. Essa parte é importante para os saltos do animal, que precisam que ele se estique. A pele em excesso na área da barriga serve como um “elástico” que permite que ele pule grandes distâncias.

 

Problemas desencadeados pela obesidade em gatos

• Menos resistência a estações quentes;

• Complicações após anestésicos;

• Diabetes;

• Hipertensão;

• Colesterol alto.

 

Como fazer meu gato gordo perder peso?

Sendo gordo ou obeso, o animal precisa de exercícios e uma dieta apropriada para manter a forma saudável, principalmente no segundo caso. Algumas das opções para deixar o felino com o peso ideal são:

• Ração própria para gatos obesos;

• Evitar dar petiscos, principalmente comida humana;

• Exercícios com brinquedos que chamem a atenção do animal, fazendo com que ele se mova, como bolinhas e varas com penas que o tutor pode movimentar;

• Consultar o veterinário para saber se o bichano está sofrendo com alguma doença que o faça ganhar peso.

 

Vale lembrar que é sempre necessário levar o animal de estimação ao veterinário, esteja ele com algum problema ou não. Evitar que o bichano se torne um gato gordo , principalmente com o avanço da idade, é de extrema importância para que ele tenha qualidade de vida.

 

Fonte: Canal do Pet - Clique e confira!

 
 
 
R. Dona Luísa de Gusmão, 1.753 | Vila Nogueira | Campinas/SP | Tel.: (55.19) 3207.2077 | CEP 13088-028
Biopet, desde 2013. Todos os Direitos Reservados. Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização. Criado por DRW Integrada
 
Produtos
Institucional
 
Mundo Pet
Contato
 
Redes Sociais